Em Alta 22/02/2022

Calça de cintura baixa: a trend que está de volta!

A calça de cintura baixa, queridinha das fashionistas dos anos 2000, e que virou febre no mundo da moda, promete voltar com tudo em 2022.

A tendência, desde a sua origem, levanta polêmicas, mas talvez seja exatamente por isso que ela tenha tanta relevância e, de tempos em tempos, ganha novamente espaço no mundo fashion. 

patoge calça cintura baixa

Esse comeback tem um porquê. As trends de 2022 estão fortemente inspiradas no que foi sucesso nos anos 2000, e esse ícone não poderia ficar de fora.

Os desfiles da semana de moda de Paris, que ocorreram ao final do último ano, não deixaram dúvidas quanto à potência desse retorno, e os grandes nomes garantiram o comeback desse modelo.

A calça de cintura baixa, controversa por natureza, é amada por uns e odiada por outros, mas nós vamos te mostrar que embarcar nessa trend, além do ar nostálgico, pode garantir looks versáteis e democráticos para você arrasar por aí!

O início polêmico da sua história

As calças de cintura baixa tiveram o seu ingresso no mundo da moda de uma forma bem polêmica e de grande impacto, o que curiosamente acabou por contribuir para que o modelo com o ganho mais curto virasse uma febre.

O estilista inglês Alexander McQueen, que sempre agrega às suas coleções e desfiles expressões políticas e culturais, foi o responsável por trazer esse novo modelo para o mundo. 

A primeira mostra se deu em 1995, em seu primeiro desfile, como uma forma de protesto. A intenção era de chocar o público, e apesar de criticada, foi responsável por alavancar a sua carreira internacional.

Kate Moss no desfile de 1996 usando a bumster

Mas foi em 1996, em seu desfile na semana de moda de Nova York, que a calça de cintura baixa ganhou de vez o destaque, e se tornou o objeto de desejo de todos.

Controversa, foi apelidada de bumster”, trocadilho que se referia à palavra “bum”, que significa traseiro em inglês.

A queridinha das fashionistas

Seja dos anos 2000...

As bumster em pouco tempo foram abraçadas pelas It Girls, e virou peça obrigatória no final dos anos 90 e anos 2000.

Inclusive, a coleção da Dior no início dos anos 2000, foi o impulso final para que o modelo explodisse em todo o mundo.

É quase impossível se lembrar, por exemplo, de Paris Hilton, Christina Aguilera ou Britney Spears e não associar as suas imagens aos looks icônicos com as calças de cós baixíssimo!

E não parou por aí a referência. Afinal, as calças de cintura baixa também eram referência para o street style. Avril Lavigne, que também era adepta desse modelo, associou o estilo a uma pegada mais skater, com calças largas, cós baixo, e calcinhas com barras similares às de cuecas, aparentes.

Seja as de 2022...

Celebridades como Kendall Jenner, Gigi Hadid e Hailey Bieber, que são referências no mundo da moda, também já abraçaram o retorno desse modelo. 

Gigi Hadid com jeans cintura baixa

A nova versão da calça de cintura baixa

A inspiração no modelo dos anos 2000 veio com força, mas é preciso ter cautela na hora de copiar literalmente o que foi usado há décadas atrás.

Nos últimos anos observamos um movimento em que buscava cada vez mais conforto nas peças, sem perder o glamour e o estilo. E isso impacta também no retorno dessas tendências.

A cintura baixa, atualmente, vem com uma roupagem mais moderna e sofisticada, associada à calças com modelagens mais soltas no corpo, com detalhes destroyed, e até mesmo em cortes de alfaiataria. 

O referencial também mudou. Ainda primando pelo conforto, e também permitindo a ampliação dos espaços em que esse tipo de modelo pode ser usado, o cós não precisa estar tão abaixo do umbigo para que já seja considerado baixo.

Essa versão repaginada, permite, por exemplo, que esse modelo possa ser inserido em ambientes de trabalho. O que em sua versão original, com calças super skinny e cós extremamente baixo, não era possível.

E como usar calça de cintura baixa?

Uma combinação que está super em alta com esse modelo é com peças oversized. Por exemplo, investir em um cropped com uma jaqueta oversized como terceira peça é garantia de um look extremamente antenado e elegante.

Olívia Culpo com calça jeans de cintura baixa

Escolha uma peça que seja ajustada e firme no quadril mas confortável, com o comprimento mais solto. Assim, você consegue criar um equilíbrio e não tem problemas com a mobilidade ao usar esse tipo de peça. Isso ajuda a evitar o famoso ‘cofrinho” - quem nunca passou por isso?

Outra dica coringa na hora de usar esse tipo de modelo é investir em um cinto grosso para complementar o look. Além de deixar mais sofisticado, garante que a peça fique bem ajustada.

E para finalizar, aposte nos contrastes. Se a calça for de modelagem mais larga, como uma jogger, invista em uma blusa mais ajustada. Os corpetes, por exemplo, também estão super em alta e são uma combinação perfeita!

Agora, se sua calça for de modelagem mais justa, como a skinny, com um cropped mais larguinho vai ficar um charme!

Percebeu como essa peça vai ter sempre um espaço no nosso coração e no mundo fashion? Talvez seja exatamente pelo seu ar polêmico, tirando as pessoas um pouco do lugar comum, que ela seja tão almejada por aí.

Bora arrasar? Corre logo pra garantir a sua!

Leia também